Como tratar corretamente seus funcionários

| | 8 Comentários

É momento de dar continunidade a nossa série de artigos referentes ao funcionário. Nos dias atuais é comum ligar a TV e ver reportagens sobre assédio moral para com funcionários e além de tudo, os funcionários de hoje não são aqueles funcionários que aceitavam de tudo, o que reforça ainda mais o ponto em questão: Como tratar corretamente seus funcionários? É preciso atenção à sequencia do artigo, que abordará questões simples, porém, que se perdem no dia a dia empresárial.

O funcionário deve ser tratado bem desde o próprio ambiente de trabalho. Deve ser criado um ambiente em que o contratado se sinta bem, sendo tratado de modo justo e respeitoso. Portanto, desde o inicio, estabeleça políticas de trabalho claras, definindo o que  trata como comportamento correto e incorreto. O funcionário desde então se conscientizará sobre seus deveres para com seus colegas. Não se esqueça de que você, enquanto  chefe, deve dar o exemplo.

TRATE SEUS FUNCIONÁRIOS COM RESPEITO!

Voce deve insistir para que seus funcionários se tratem com respeito, isso deve ser feito de forma mútua. Não importa com quem seja, mas desde que seja com relação ao trabalho, os funcionários devem ser uniformes com a ética, respeito, honestidade, confiança e integridade. Isso implica no respeito que seus funcionários receberão e retribuirão até mesmo com os clientes. Portanto, dê atenção e ouça seus funcionários quando eles chegarem até você para falar sobre dúvidas e preocupações.

Está gostando do artigos?

Que tal aprender a como aumentar o seu faturamento usando a internet e, de quebra, gastar muito menos?!

Enquanto você reconhece as preocupações do seu funcionário, demonstrará que você valoriza os seus sentimentos e pensamentos. Que tal inserir esse ato na política de sua empresa? Isso mostrará que seus funcionários poderão confiar em você e se sentirão assim mais valorizados. Mantenha-se conectado com seus funcionários. Permita que seu funcionário saiba que você está interessado sobre como anda o trabalho e se precisam de ajuda para fazer o trabalho de forma mais eficiente.

Recomendamos a leitura do artigo: Como e Porque Demitir um Funcionário

Funcionários

O QUE UM CHEFE NÃO PODE FAZER!

Nesse tópico eu poderia abordar todos os tipos de absurdos que um chefe não pode cometer com um funcionário, porém, vamos falar somente de alguns pontos relevantes para esse artigo. Uma vez que o nome do tópico é “o que um chefe não deve fazer!” você realmente deverá levar em conta as dicas e conselhos aqui dadas. Mas então, o que não é indicado que um chefe faça?

  • Chamar a atenção de um funcionário na frente de seus colegas.
    Um chefe nunca deverá chamar a atenção de um funcionário na frente de seus colegas, por um motivo simples: fazendo isso, ele não estará tratando com respeito seu funcionário. Isso se aplica porque o chefe deverá discutir suas preocupações e problemas de forma privada com seu funcionário e não expô-lo, ridicularizando sua imagem (do funcionário).
  • Cobrar muito e fazer Pouco.
    Lembre-se que o exemplo deve vir de você. Não cobre um comportamento rigido e disciplinar se voce é o primeiro a dar algumas liberdades para funcionários. Assim também é com relação à produtividade, se quer produção da equipe, procure icentivá-los de forma correta e não acusar ou desvalorizar o trabalho de seus funcionários.
  • Criar metas de produtividade excessivas.
    Assim como citado no paragrafo anterior, você deve dar o exemplo, potanto, um chefe deve criar metas que sejam alcançáveis. Você [enquanto chefe] não deve desprezar o funcionário só porque ele não conseguiu cumprir com a meta. Ao invés disso, procure entender o por que de empregado não ter conseguido tal feito.

CONCLUSÃO

Então podemos concluir que o tratamento de um chefe para com um empregado não deve ser tão algo tão simples assim. Aliás, podemos dizer que deve ser simples, no sentido do respeito mutuo que deverá existir. Tratando seus funcionários com respeito fará com que sua empresa se torne conhecida por isso, além  ter maior possibilidade de branding positivo. Então ao tratar seus funcionários com dignidade e respeito, você permitirá que eles tenham uma maior chance de prosperar e de sobressair no trabalho.








Que tal aprender a como aumentar o seu faturamento usando a internet e, de quebra, gastar muito menos?!

Sobre o Autor ()

Depois de tanto errar, decidi acertar. Sou Stenio Ribeiro e espero fazer minha parte para contribuir com uma internet melhor. Arrisco-me como empreendedor à esperar o dinheiro cair do céu.

Comentários (8)

  1. Acredito que as corporações, grandes e pequenas, estão tornando-se pouco humanas.

    Os chefes têm encarado os funcionários como máquinas e ferramentas para gerar lucro, cobrando demais e oferecendo de menos como você diz. Os vendedores por sua vez, para manter o emprego, tem assumido a forma de marketeiros em tempo integral, não tratam o cliente como amigos, aliados e passam 100% do relacionamento tentando empurrar alguma coisa para o cliente comprar.

    Acho que estamos nos esquecendo que funcionários, chefes, clientes, etc, são todos humanos…

    • Stenio Ribeiro disse:

      Olá Erick, obrigado pelo valioso comentário!
      Bom se entendi bem, voce expressa no comentário que todos estamos esquecendo de que somos humanos…
      Não sei se essa foi para meu artigo, diretamente falando, mas se foi, quero esclarecer…
      No artigo eu mostro a idéia de que todos podem errar, porém, não é porque o chefe é o ‘boss’ que ele pode humilhar seus funcionários.

      Mas sim, concordo na questão de os Chefes estão esquecendo de que seus subordinados são todos humanos, e isso vai levando a uma queda enorme de valor na relação até o consumidor final.

      Abraço!

      • Stenio,

        De maneira alguma foi diretamente para seu artigo, que por sinal esta muito bom e de clara compreensão.

        Apenas trouxe alguma opinião que acredito ser válida para a discussão. Quando falo em “menos humano” falo na relação de frieza de um para com os outros, o que acaba por ferir a ética, respeito, honestidade, confiança e integridade, valores que você cita no artigo e que de maneira brilhante incentiva nas corporações.

        No mais, peço desculpas por não ter sido claro o suficiente, e de maneira nenhuma pensei em criticar seu artigo, mesmo porque, não têm nem o que criticar, tanto em qualidade de escrita quanto nas ideologias transmitidas.

        Abraços e sucesso!

        • Stenio Ribeiro disse:

          Olá Erick!

          Tudo bem, agora entendi sua opinião e ela certamente enriqueceu ainda mais o artigo.

          Não precisa pedir desculpas, eu realmente devo ter me confundido.
          Aliás, peço que por favor aceite minhas desculpas.

          Esteja sempre a vontade para comentar aqui no blog, seus ótimos comentários nos incentiva a fazer mais e melhor!

          Abraço e sucesso!

  2. Eu tenho negócios fora da internet tenho uma empresa de eventos a 7 anos e faço locação de equipamentos para festas som, luz e imagem..tenho também 1 site de compra coletiva a 1 ano e meio…

    durante este período aprendi muito tenho hoje feliz ou infelizmente 1 funcionário e 1 estagiário.

    o que tenho a dizer pelo menos no ramo que atuo eventos é que ninguém cuida do que é seu como vc mesmo….isso é fato…

    outra coisa não todos mais a grande maioria do novos empregados só querem trabalhar alguns meses para pegar seguro desemprego e depois ainda querem meter a empresa na justiça..

    acho que por isso os donos de empresas criaram um blindagem…

    vc trabalha e eu pago e fim de papo…isso devido a muito problemas que temos com funcionários..acho que isso contribui muito para este fato ocorrer…

    sem falar que tem muita gente olho gordo só porque vc compro um carro ou tem serviço sempre acham que vc esta rico e estamos crescendo nas costas deles..já ouvi isso não foi só uma vez….

    falo isso como empresario dono de de negócios dentro e fora da internet.

    • Stenio Ribeiro disse:

      Olá Michael, como vai?

      Como bem citado por voce, existe realmente essa lado negativo que um funcionário pode trazer.
      Eu falei disso em outro artigo, mas ainda não me aprofundei nessa temática, e voce acaba de me dar a idéia para criar este artigo.

      Realmente as pessoas observam o que outros estão comprando, estão felizes… Acabam prestando mais atenção na vida do patrão do que na sua própria vida.

      Bom, foi ótimo seu comentário, muito proveitoso.

      Obrigado pelo comentário, bem vindo ao blog, esteja sempre a vontade para fazer novos comentários!

      Abraço!

  3. elaine disse:

    Trabalho a 4 anos em um mercadinho,junto com mais outros 7 funcionários.Desde que comecei percebi que não seria fácil lidar com os patrões,pois são muito mal educados,rígidos e ignorantes.
    Ano passado tivemos uma discussão e ele me ofendeu,sempre faz brincadeiras de mal gosto,esses dias disse que tinham muitas caixas no chão e que nós não tínhamos feito nada,ficamos ciscando.Que eu saiba quem cisca é galinha,e por ai vai,não aguento mais essa situação,me diga o que fazer.

    • Elaine, obrigado pelo comentário. Uma boa opção é você simplesmente sair e procurar um outro emprego. Se você realmente for bom em algo, ou mostrar serviço, vai conseguir achar um bem melhor, tenho certeza :)

      Abraços, Arlindo Armando

Deixar um comentário